ALERTA: SURTO DE GRIPE NO DISTRITO DE FARO

Na Região Autónoma da Madeira, no distrito do Algarve e no concelho de Almodôvar o surto vai atingir o grau 4 (alto). É nestas regiões que se prevê maior afluência aos serviços de saúde. No restante território continental e nos Açores, o surto vai atingir grau 3 (moderado). Mas ainda com tendência para o aumento de novos casos, de acordo com a previsão do Centro de Estudos e Avaliação em Saúde (CEFAR), da Associação Nacional das Farmácias.

«De acordo com os dados provenientes da actividade das farmácias, já alcançámos o nível de actividade epidémica correspondente ao pico de gripe da temporada do ano passado», declara António Teixeira Rodrigues, director do CEFAR. «Como a actividade da gripe ainda deverá continuar a aumentar, pode- mos dizer que o surto que atravessamos é pelo menos tão severo quanto o anterior», acrescenta.

As pessoas devem tomar de imediato medidas de prevenção dos contágios, como lavar frequentemente as mãos, evitar ambientes fechados com grande concentração de pessoas e usar lenços descartáveis.

A rede de farmácias atende, em média, 520 mil pessoas por dia. Esse contacto em massa com a população permite antecipar em duas semanas a evolução da epidemia. «Testámos o modelo com os dados reais dos últimos cinco anos. O poder de antecipação das farmácias é uma evidência», declara Peter Heudtlass, investigador do CEFAR.

No distrito de Faro, o surto de gripe está activo nos concelhos de Castro Marim, Vila Real de Santo António, Lagos, Lagoa, São Brás de Alportel, Vila do Bispo, Albufeira, Loulé, Monchique, Portimão, Tavira, Olhão, Silves, Alcoutim e Faro e a actividade gripal vai subir para grau 4 (numa escala de 1 a 5) na próxima semana. Previna-se: lave frequentemente as mãos, use lenços descartáveis e, na ausência de lenço, espirre para o antebraço. Um conselho da sua farmácia.

FONTE:

www.anf.pt

Voltar