Como escolher a mochila ideal?

A prevalência de problemas músculo-esqueléticos da coluna vertebral, vulgarmente referidos como “dores nas costas” nas crianças e jovens em idade escolar é um problema cada vez maior.

Sabe-se que existe uma associação entre as queixas na adolescência e problemas músculo-esqueléticos da coluna vertebral na idade adulta.

Entre os fatores que podem estar associados a esta problemática apontam-se os hábitos de atividade física (ou a falta deles), as más posturas, o uso de mochilas desadequadas, o seu peso excessivo e o transporte das mesmas de forma incorreta (só num ombro ou pendurada até à anca).
Uma mochila com características desadequadas pode causar dores e lesões que podem ser graves. Por isso, nunca é demais relembrar alguns aspetos que se devem ter em conta ao comprar e usar a mochila escolar.

TAMANHO E PESO

  • Uma mochila escolar não deve pesar mais do que 10% do peso do estudante. Por exemplo, se a criança pesar 45 kg não deve carregar mais de 4,5 kg;
  • Verificar o que está dentro da mochila. Colocar apenas o essencial e necessário para as atividades diárias;
  • Se a mochila estiver demasiado cheia ou pesada, é preferível retirar uma parte da carga;
  • As mochilas escolares têm tamanhos diferentes para diferentes idades. Tenha este fato em consideração quando escolher a mochila.

?

TRANSPORTE

Transportar a mochila pesada e descaída (pendurada até à anca) está associado a uma maior probabilidade de aparecimento de dores nas costas.

A mochila deve ser usada com as alças em ambos os ombros e ajustada ao corpo.

Para as crianças que têm de percorrer longas distâncias a pé, a mochila com rodas é a melhor opção, devendo ser empurrada em vez de puxada.

  • Distribuir o peso uniformemente, usando as duas alças. Usar apenas uma alça pode fazer com que a criança se incline para um dos lados, causandoencurvamento da coluna, dor e desconforto;
  • Escolher uma mochila com alças bem almofadadas. Os ombros e pescoço têm muitos vazos sanguíneos e nervos que podem causar dor e dormência no pescoço, braços e mãos quando é aplicada demasiada pressão;
  • Ajustar as alças para que a mochila fique posicionada perto das costas. Uma mochila que pende pode puxar a criança para trás e esforçar os seus músculos;
  • Escolher uma mochila com cinto na cintura. O uso deste cinto ajuda a distribuir o peso uniformemente e evita que a mochila oscile;
  • A parte inferior da mochila deve ficar perto da linha da cintura e nunca mais de 10 centímetros abaixo desta;

ARRUMAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR

O maior peso deve ficar junto ao corpo. Assim, devem colocar-se os materiais mais pesados na parte de trás da mochila e prendê-los com uma fita, para não andarem soltos.

Fontes:

VIEGAS, Ângela– Existem Mochilas Escolares Ideais? - Unidade de Cuidados na Comunidade de Coruche do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria II

https://www.projectoeuconsigo.pt

Voltar