Como prevenir otites nas crianças durante o verão?

Os episódios recorrentes de otites podem colocar em risco a audição e consequentemente a aprendizagem da criança. Uma otite resulta de uma inflamação no ouvido médio provocada pelo acumular de secreções, e pode ser provocada por vírus ou batérias. 

No verão, a entrada e água nos ouvidos pode provocar uma otite externa, dando a sensação de ouvidos entupidos, comichão ou mesmo dor. Mas uma otite também pode ser resultaldo de uma infeção no canal auditivo  por consequência de um eczema.

O tipo mais frequente de otite durante a infância é a otite média aguda e resulta de sintomas característicos de uma constipação ou gripe. No entanto, uma otite média com derrame pode resultar em ouvidos entupidos, dor e quadros de febre.

Há um risco acrescido de otite para crianças que frequentam piscinas, pois os desinfectantes das águas podem afectar a mucosa nasal, assim como o ambiente húmido e bruscas mudanças de temperatura.

Situações recorrentes de otites e presenças de líquido no ouvido podem afectar a audição da criança com consequências a nível da linguagem.

PREVENÇÃO DAS OTITES

O tipo de otite mais recorrente está relacionado com a retenção de água nos ouvidos, desta forma é importante manter os ouvidos secos e evitar a utilização de cotonetes que possam danificar o canal auditivo. Opte pela utilização de tampões impermeáveis e pela remoção da cera nos ouvidos, que esteja excesso, recorrendo a produtos específicos para o efeito. Evite sempre objectos para a remoção de cera.

Voltar