Doenças Respitórias

Neste artigo, iremos abordar algumas das doenças respiratórias mais comuns: a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), a Asma (doenças respiratórias crónicas)e a Pneumonia e a Gripe (doenças respiratórias agudas).

 

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

A DPOC é uma doença crónica que resulta de uma obstrução das vias aéreas. É provocada sobretudo pelo consumo do tabaco.

A exposição a fumos químicos e poeiras (orgânicas e inorgânicas) em contexto profissional também podem causar DPOC.

  • O que fazer se for diagnosticado com DPOC?
  1. Deixe de fumar - Esta é a única medida que impede a sua doença de se ir agravando. Se não o conseguir fazer sozinho peça ajuda ao seu médicoou farmacêutico.
  2. Evite as infeções respiratórias -Vacine-se contra as infeções bacterianas e contra a gripe.
  3. Tenha uma alimentação equilibrada e mantenha o peso ideal
  4. Pratique exercício físico(Sem se esforçar para além das suas capacidades)

Asma

A Asma é uma doença inflamatória crónica das vias respiratórias, provocada por diversos estímulos (ex. ácaros do pó, pólenes, poluentes atmosféricos, exercício, etc.).

Os sintomas mais comuns são a sensação de peso ou “opressão” no peito, dificuldade na respiração, tosse e pieira ou sensação de “apitos” quando respira, podendo estes vir a ser audíveis.

O diagnóstico é feito pelo seu médico, com base nestes sintomas que podem ser variáveis ao longo do tempo.

  • O que fazer se for diagnosticado com Asma?
  1. Evitar os desencadeantes -Evitar o contacto com pólenes, ácaros, alimentos ou outros estímulos que causem sintomas respiratórios.A realização de testes cutâneos é fundamental para identificar os principais fatores desencadeantes de natureza alérgica.
  2. Tratamento preventivo - O uso de medicamentos evita o aparecimento dos sintomas.

Pneumonia

A pneumonia é uma doença respiratória provocada por uma infeção nos pulmões.Esta infeção pode ser provocada por vários tipos de microrganismos, como vírus, bactérias e fungos.

Os sintomas variam e podem incluir febre alta, calafrios, perda de apetite, cansaço, tosse, muitas vezes acompanhada de expetoração amarelada ou verde ou até mesmo raiada de sangue ou de cor acastanhada, sensação de falta de ar e/ou dor no peito que se agrava quando respira fundo.

Nestas circunstâncias deverá consultar um médico, que confirmará o diagnóstico com a realização de uma radiografia ao tórax.

  • O que podemos fazer para prevenir a Pneumonia?
  1. Devem-se evitar ações que diminuam as defesas dos seus pulmões, como por exemplo fumar. As vacinas contra a gripe e antipneumocócica são as mais recomendadas, particularmente para as pessoas com 65 ou mais anos e para pessoas com doenças crónicas que diminuam a imunidade ou as defesas dos pulmões.

Gripe

A gripe é uma doença transmissível em relação à qual podem ocorrer complicações graves. As pessoas com idade igual ou superior a 65 anos são as mais vulneráveis às complicações da doença.

Os vírus que causam a gripe podem apresentar variações que implicam alterações anuais na composição da vacina.

 

  • O que podemos fazer para prevenir aGripe?
  1. A vacinação é a melhor prevenção.
  2. Este ano, a vacinação contra a Gripe vai ter início no próximo dia 15 de Outubro!
  3. Venha vacinar-se na Farmácia da Penha!

 

 

 

Fontes:

www.dgs.pt

http://www.arsalentejo.min-saude.pt

Doenças Respiratórias:O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? – ACES ESPINHO/GAIA, Governo de Portugal (Ministério da Saúde)

www.sns.gov.pt

www.msd.pt

Voltar