Efeitos Secundários vs Contra-Indicações

Efeitos secundários e contra indicações são muitas vezes confundidos por quem toma um medicamento. Vamos ajudar a distinguir os dois.

Efeito secundário ou efeito adverso: 

São sintomas ou efeitos indesejados causados após tomar um medicamento. Ou seja, juntamente com os efeitos pretendidos, um medicamento pode causar efeitos indesejados. No entanto, nem sempre é possível ter a certeza de que o que está a sentir é causado por um medicamento. Assim, quando uma situação destas ocorrer deve informar um profissional de saúde sobre os possíveis efeitos secundários, para ajudá-lo a avaliar a necessidade desta situação ser reportada, pois ao notificar a suspeita de um efeito secundário, estará a ajudar nas suas investigações, o que resultará em medicamentos mais seguros, logo, deve notificar as devidas autoridades de saúde.

Porquê notificar um efeito secundário?

"Embora os medicamentos sejam exaustivamente testados em ensaios clínicos antes de serem autorizados, não é possível saber-se tudo acerca dos efeitos secundários que poderão vir a causar até serem utilizados por muitas pessoas, por um longo período de tempo.

Ao notificar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre os medicamentos, e, como consequência, a contribuir para torná-los mais seguros."

Como notifico um efeito secundário?

"Caso considere que um determinado medicamento causou um efeito secundário, consulte o Folheto Informativo fornecido com o medicamento para obter informações sobre o que fazer para proceder à notificação do mesmo.

Pode notificar qualquer suspeita de efeito secundário de um medicamento ao INFARMED, I.P através dos seguintes contactos:

Formulário online ou em papel disponíveis noPortal RAM no sítio do INFARMED, I.P. ou:

INFARMED, I.P., Direção de Gestão de Risco de Medicamentos, Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil, 53, 1749-004 Lisboa.

Telefone: 21 798 71 40/41; Fax: 21 798 73 97; E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt"

Contra-Indicação:

Contra-indicações são condições ou situações que podem impedir-nos de tomar um medicamento com segurança. Serão geralmente condições que já conhece sobre si próprio e das quais deve informar o médico ou outro profissional de saúde antes de tomar uma medicação que lhe seja recomendada. Por exemplo, deve informar se:

  • Já teve alguma reação alérgica ou invulgar a qualquer medicamento, alimento ou outras substâncias.
  • Se está grávida ou planeia engravidar, pois determinados medicamentos podem causar problemas no feto ou no nascimento.
  • Se num passado recente tomou algum medicamento.
  • Se tem algum outro probelam médico além daquele para qual o medicamento foi prescrito.

Estas e muitas outras informações devem ser tidas em conta antes de tomar um medicamento, pois este pode não se adequar à sua condição o que pode tornar o medicamento contra-indicado para si.

Lembre-se que a Farmácia da Penha está sempre disponível para esclarecer qualquer dúvida que possa surgir neste sentido.

Fonte:

www.infarmed.pt

Voltar