Leites e Fórmulas Infantis

AJUDA PARA CRESCER

Sempre que a amamentação não é possível, ou como um complemento ao leite  materno, os leites e fórmulas infantis constituem a alternativa para acompanhar o crescimento e necessidades do bebé.

UM ALIMENTO ÚNICO

O leite materno é o alimento de eleição nos primeiros quatro a seis meses de vida. É fonte de nutrientes e de outros compostos que vão reforçar o sistema imunitário do bebé, protegendo-o de agressões exteriores como alergias e infeções.

Quando a amamentação não é possível, o bebé precisa de uma alimentação alternativa, que responda às suas necessidades nutritivas, estruturais e funcionais, que o ajude a crescer e desenvolver-se com saúde e harmonia. Noutras situações, a amamentação pode não ser o suficiente, sendo necessária uma alternativa que complemente o leite materno.

LEITES PARA CRESCER

Os leites e fórmulas infantis são adequados às diferentes etapas de desenvolvimento, bem como a necessidades particulares da criança.

Assim os leites classificam-se por grupos:

Leites e fórmulas infantis                                                                    

  • Para lactentes ou leites 1: Para os bebés até aos 4/6 meses, altura em que o leite é a única fonte alimentar do bebé
  • De transição ou leites 2 : Para bebés dos 4 aos 12 meses, quando são introduzidos alimentos sólidos
  • De crescimento ou leites 3: Para bebés dos 12 aos 36 meses, são também de transição e visam prevenir a introdução precoce do leite de vaca.

Os leites para lactentes e os leites de transição têm como fonte proteica o leite de vaca, em formulações distintas consoante a idade do bebé. Além disso, podem possuir apresentações com indicações particulares.

Tipo de Fórmula Infantil                                                                         

  • Hipoalergénicos :À base de proteínas do soro do leite hidrolisado, em substituição das proteínas inteiras do leite. Reduzem o risco de alergia, estando disponíveis duas variedades: para bebés susceptíveis de alergia (parcialmente hidrolisados) ou para bebés com alergia declarada (extensamente hidrolisados).
  • Anti-Obstipantes: Facilitam o esvaziamento gástrico e o amolecimento das fezes, mas sem alterar a frequência das dejeções.
  • Anti-Cólicas: Possuem um reduzido teor em lactose, o que minimiza o risco de gases e cólicas intestinais.
  • Saciedade: Permitem uma digestão e absorção mais prolongadas, aumentando a sensação de saciedade
  • Para o desconforto digestivo:Com proteínas parcialmente hidrolisadas e reduzido teor em lactose facilitam a digestão e absorção em bebés com maior imaturidade digestiva e sintomas associados como gases, cólicas e obstipação.
  •  

Situações mais particulares encontram solução nos leites e fórmulas infantis para fins medicinais específicos  disponíveis apenas em farmácias:

Tipo de Fórmula Infantil                                                                        

  • À base de proteína de soja: Fórmulas indicadas para casos de intolerância ou alergia às proteínas do leite de vaca.
  • Sem lactose ou anti-diarreicos: Para situações em que há falta de lactase (enzima que metaboliza e degrada a lactose no organismo) como após diarreias ou gastroenterites agudas.

  • Anti-Regurgitação (bolsar): Adequados a crianças que não aumentam de peso devido à perda excessiva de nutrientes associada à à regurgitação.
  • Para prematuros ou recém-nascidos de baixo peso : Possuem um teor proteico mais elevado, dominado por proteínas solúveis de modo a melhorar a absorção.

 

SEGURANÇA

Os leites e formulas infantis são seguros, mas a obtenção do máximo benefício passa pelo respeito de um conjunto de regras na sua preparação e na utilização dos acessórios necessários. Assim:

  • Esterilize os acessórios: biberões, tetinas, colheres e copos de medida;
  • Prepare o leite de acordo com as instruções da embalagem, adicionando a medida recomendada à dose certa de água fervida;
  • Não utilize sobras: deite fora o que o bebé não beber;
  • Se preparar o biberão com antecedência, guarde-o no frio e depois aqueça-o;
  • Se optar por aquecer o biberão no micro-ondas, tenha o cuidado de misturar bem o líquido para assegurar a mesma temperatura no conteúdo;
  • Verifique a temperatura do leite antes de o dar ao bebé;
  • Dê tempo ao seu bebé para se habituar ao leite que lhe está a dar;

Na Farmácia da Penha, a área de nutrição infantil está em permanente evolução por forma a poder proporcionar a maior diversidade possível de leites e fórmulas, para corresponder a necessidades cada vez mais específicas. Podemos fazer-lhe um aconselhamento adequado sobre leites e fórmulas, bem como a orientação sobre os cuidados que ajudam o bebé a crescer.

Fonte:

 

 

 

Voltar