O que será que sabe sobre medicamentos?

O que será que sabe sobre medicamentos?

Toma medicamentos quase todos os dias ou apenas quando já está na fase da dor insuportável?

Seja de que maneira for há coisas que deve sempre ter em conta no momento em que vai tomar um medicamento.

 

Conheça os medicamentos que está a tomar:

  • Saiba quais as suas indicações os seus efeitos secundários e interações

  • Armazene-os num local seguro e adequado, como um armário fechado à chave sem humidade e inacessível a crianças. Não armazene medicamentos na cozinha e na casa de banho, pois são locais húmidos e com temperaturas elevadas.

  • Confirme a data de validade antes de ingerir o medicamento.

  • Questione o seu farmacêutico sempre que tiver dúvidas, e sobretudo informe-o, tal como ao seu médico, se tiver alguma alergia.

  • Não tome medicamentos cuja cor, cheiro ou aspeto se encontrem alterados.

Mas existem outras questões que certamente lhe deixam dúvidas, tais como:

As bebidas alcoólicas neutralizam o efeito dos medicamentos?

Sem dúvida, mas não só, podem também potenciar os efeitos do fármaco ou criar situações de toxicidade, por exemplo, no caso de indutores do sono, ansiolíticos, antidepressivos ou analgésicos a combinação com o álcool pode ser fatal.

Porque é que os medicamentos fora da validade não podem ser atirados para o lixo doméstico?

Se tem medicamentos fora da validade então entregue-os na sua farmácia e esta reencaminhará os mesmos a VALORMED, que é uma sociedade responsável pela gestão dos resíduos de embalagens e medicamentos fora de uso. Estes medicamentos exigem um processo de recolha seguro, que vão evitar, que enquanto resíduos estejam acessíveis como qualquer outro resíduo urbano, evitando acidentes e problemas de saúde pública e ambiental.

O que é um medicamento genérico?

O medicamento genérico contém o mesmo fármaco (princípio ativo), na mesma dose e forma farmacêutica, é administrado pela mesma via e com a mesma indicação terapêutica do medicamento de referência no país, apresentando a mesma segurança que o medicamento de referência podendo, com este, ser trocado. A troca, ou seja, a segura substituição do medicamento de referência pelo seu genérico, é assegurada por testes de bioequivalência.

Porque é que os medicamentos genéricos são mais baratos?

Porque os laboratórios de medicamentos genéricos reproduzem um determinado medicamento que já existe, não vão desenvolver nada de novo, logo não necessitam fazer investimentos em pesquisas para o seu desenvolvimento visto que as formulações já estão definidas pelos medicamentos de referência e que servirão de parâmetro para a fabricação. Além disso, os fabricantes de medicamentos genéricos não necessitam fazer propaganda, pois não há marca a ser divulgada, o que também reduz os custos do medicamento.

Todos os medicamentos têm alternativa em medicamentos genéricos?

Não. Os genéricos só podem ser comercializados quando a patente do medicamento de referência expira, deixando por isso de ter exclusividade no mercado.

Estas são apenas algumas das questões que temos a certeza que gostaria de ver esclarecidas, mas prometemos voltar a falar de outras questões igualmente pertinentes.

Voltar