À PROVA DE INSECTO

DIFERENTES TIPOS DE PICADA!

Mesmo quando a picada não incomoda, esta causa uma reacção na pele, quase sempre localizada, provocando uma inflamação acompanhada de um pequeno inchaço, vermelhidão, comichão e dor.

Algumas pessoas desenvolvem mesmo uma reacção alérgica, que pode ser apenas localizada como pode estender-se a outras partes do corpo, e cujos sintomas podem causar náuseas, vómitos e dores abdominais.

Embora seja raro, a reação alérgica ao veneno de um insecto pode originar um choque anafilático, cujos sintomas podem incluir manchas vermelhas com comichão, inchaço da língua e garganta, dificuldade em engolir e respirar, tonturas, nauseas, dores abdominais e descida rápida da pressão arterial levando mesmo à perda de consciência. É de salientar que esta situação obrigada de imediato a urgência hospitalar.

INSECTOS À DISTÂNCIA
 

A grande maioria das picadas de insectos resolve-se fácil e rapidamente. No entanto, em casos como a malária ou a febre amarela há risco de transmissão de doenças, assim há que prevenir e talvez os passos seguintes possam ajudar:

  • Evite sair ao amanhecer e ao entardecer, pois são alturas do dia em que há maior concentraçao de insectos.
  • Evite andar ao ar livre com roupas muito coloridas e largas: prefira peças mais justas ao corpo que cubram braços e pernas, pois desta forma há menor possibilidade de atrair insectos ou de ficarem retidos dentro da roupa.
  • Evite locais com muita vegetação, próximo de rios, lagos e barragens ou onde encontre águas paradas e ninhos de insectos.
  • Não use cosméticos ou perfumes com cheiros ativos, porque atraem os insectos.
  • Mantenha alimentos e bebidas tapados.
  • Aplique repelentes na pele ou mesmo por cima da roupa, uma vez que estes últimos já se encontram disponíveis no mercado como mostra a figura abaixo.


Embora os repelentes não matem os insectos, evitam certamente a sua aproximação. além disso oferecem protecção por algumas horas e são eficazes contra uma grande variedade de insectos e ambientes.
Por razões de segurança, deve sempre respeitar as instruções de aplicação dos repelentes. Não coloque sobre a pele irritada ou ferida e evite o contacto com olhos ou boca, além disso lave sempre bem as mãos após aplicação.
Existem também repelentes próprios para crianças de diferentes idades que devem ser aplicados ou colocados por um adulto ou com a supervisão do mesmo, como é o caso do Moustidose da Mustela, apresentado abaixo.



DEPOIS DA PICADA

Como nem sempre é possível evitar a picada, os sintomas podem ser aliviados a pós a ocorrência da mesma, apenas com alguns cuidados simples e se necessário com o recurso a alguns medicamentos.

Para aliviar os sintomas de uma picada deve:

  • Lavar o local da picada com água e sabão, para evitar infeções.
  • Se a picada for de abelha tente retirar o ferrão com uma pinça, mas sem apertar o saco do veneno para não o libertar.
  • Aplique gelo ou compressas frias para aliviar a dor e a comichão.
  • Aplique compressas com vinagre ou sumo de limão, no caso de uma picada de vespa.
  • Se necessáio aplique ainda uma loção, creme ou gel calmante sobre a pele, como as apresentadas abaixo.
  • O tratamento pode ainda requerer a toma de um analgésico ou antialérgico.

Na Farmácia da Penha podemos ajudá-lo sobre quais os cuidados a ter para evitar as picadas de insectos, bem como as diversas alternativas de tratamento. Todos os produtos apresentados estão sempre disponíveis, aqui, na sua farmácia.

Fonte:

Voltar