Qual a melhor hora do dia para fazer exercício físico?

A melhor hora do dia para fazer execício físico, vai depender do objectivo e ritmo de cada pessoa, e claro dos seus os hábitos e rotinas que acabam sempre por ser determinantes.

No que toca ao exercício físico, para cada pessoa há sempre uma altura em que o organismo vai funcionar melhor, no sentido de se sentir bem e com mais energia. Conheça o seu corpo, faça uma avaliação durante várias semanas e descubra qual é a sua janela de performance. Ao treinar nas diferentes fases do dia, vai poder perceber, em que ocasiões se sentiu com mais energia, se foi de manhã, à tarde ou até mesmo à noite.


Deixamos-lhe algumas dicas sobre as vantagens de treinar nas diferentes horas do dia, mas recorde-se que o mais importante é sempre manter-se activo, e para isso assuma um compromisso de treino, trace um objetivo e lute para o alcançar.

Treinar de manhã:

O treino matinal além de ser um excelente despertador natural que nos deixa ativos para o resto do dia e ativa a nossa circulação sanguínea, permite também com que a rotina de exercícios se torne mais sólida. Ainda assim esta é uma altura do dia em que devemos começar com exercícios mais lentos e simples e não com movimentos explosivos, para que o corpo tenha tempo de se adptar e aquecer, pois pela manhã, a temperatura do corpo tende a ser mais baixa, o que aumenta o risco de lesões e pode reduzir o desempenho do praticante.

Treinar à tarde:

Os exercícios mais explosivos devem ser reservados para a tarde, pois tomando como exemplo uma aula de cycling, esta vai acelerar o metabolismo, logo vai estimular a queima de calorias, ajudando na perda de peso, pois sendo uma altura do dia em que vamos ter mais energia, vamos sempre conseguir um melhor desempenho. Além disso, o risco de lesões também é menor, já que o corpo responde mais rapidamente por já estar desperto há algumas horas.

"Um estudo realizado em 2012, pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou que treinar à tarde é benéfico para o ciclo cartesiano (o relógio biológico do corpo humano), ajudando a prevenir doenças como diabetes, cancro ou depressões, associadas a pessoas com ciclos mal sincronizados." 

Treinar à noite:

Os benefícios de um treino noturno variam de pessoa para pessoa. No entanto, se a falta de tempo não lhe permite que seja de outra forma, o importante é manter a prática de exercício físico.

Um treino demasiado intenso, pode levar a um estado de estimulação do organismo, que poderá interferir com a qualidade do sono, na medida em que ao aumentar os níveis de energia vai deixar a pessoa mais desperta. Assim a esta hora recomendam-se exercícios mais suaves como pilates, ioga, uma caminhada ou natação, e um bom alongamento no final o que vai ajudar a relaxar e consequentemente a melhorar a qualidade do sono.

"Exercícios, sobretudo os de alta intensidade, não são recomendados depois das 21h ou 22h porque eles podem afetar os padrões de sono, retardando a vontade de dormir. Isso pode causar fadiga e cansaço no dia seguinte."


Assim podemos concluir que o treino matinal é excelente para nos deixar mais ativos para o resto do dia, deverá apenas ter atenção às diferenças de temperatura, para que não hajam lesões. Treinar à tarde é uma ótima opção para quem quer perder peso, pois será a hora do dia em que se encontra mais ativo, e por fim o treino noturno poderá ser excelente para relaxar e ajudar a descansar desde que escolhidos os exercícios certos.

Fontes:

 https://www.bbc.com

www.dgs.pt

 

Voltar