VIH - O que precisa de saber.

O que é o VIH?

O VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana) é um vírus que ataca e destrói o sistema imunitário do nosso organismo, isto é, destrói os mecanismos de defesa que nos protegem das doenças.

Este vírus pode permanecer “adormecido” no organismo sem manifestar sinais e sintomas durante algum tempo. Neste período, os indivíduos infetados com o VIH são chamados de seropositivos.

Como se transmite o VIH?

O VIH encontra-se principalmente no sangue, no sémen, no líquido pré-ejaculatório, nos fluidos vaginais de pessoas infetadas e no leite materno. Assim, a transmissão do vírus só pode ocorrer se estes fluidos corporais entrarem diretamente em contato com o corpo de outra pessoa pela via sexual e/ou sanguínea.   

  • Existem as seguintes formas de transmissão:

Como não se transmite?

  • O VIH não se transmite através de contactos sociais: aperto de mão, toque, abraço, beijo social;
  • Também não se transmite através de alimentos ou água;
  • Espirros ou tosse;
  • Picadas de insetos;
  • Piscinas ou casas-de-banho.

A infeção pode ser prevenida:

  • Utilizando o preservativo masculino ou feminino nas relações sexuais;
  • Não partilhando objetos que possam estar em contacto com fluidos contaminados: escovas de dentes, máquinas/lâminas de barbear/depilar, objetos cortantes, objetos perfurantes e agulhas (incluindo de tatuagem e de piercing), seringas e outros dispositivos médicos que estejam em contacto com sangue, objetos para inalar drogas (como notas ou palhinhas);
  • O risco de contágio de uma mãe seropositiva para o seu bebé pode também ser diminuído significativamente realizando uma terapêutica adequada durante a gravidez e o parto e evitando o aleitamento.

Quem deve fazer o teste?

Todas as pessoas devem fazer o teste do VIH. Mas este torna-se ainda mais necessário se se verificarem comportamentos de risco, como:

  • Relações sexuais desprotegidas (sem preservativo);
  • Partilha de seringas ou outro material de injeção de drogas;
  • Contacto com o sangue de outra pessoa.

Quando é que se pode fazer o teste?    

A colheita de sangue para o teste deve ser efetuada num prazo de 6 a 8 semanas após um contacto de risco.

As primeiras análises a uma pessoa infetada pelo vírus podem dar um resultado negativo se o contágio for recente e se não tivermos em conta o “período de janela”. O teste deve ser sempre repetido passados 3 meses do comportamento de risco.

O que é a SIDA?

A SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é uma doença causada pelo VIH e está relacionada com a degradação progressiva do sistema imunitário.

No estado avançado da infeção existe perda acentuada das células protetoras do sistema imunitário (linfócitos TCD4+).

O desenvolvimento de infeções e tumores numa fase avançada da imunodeficiência, tais como a tuberculose e o sarcoma de Kaposi, entre muitas outras doenças oportunistas, designa-se, também, de SIDA.

O VIH pode levar anos até que cause danos graves no sistema imunitário de forma a evoluir para o estádio de SIDA. A terapêutica anti retrovírica pode travar, ou mesmo regredir a progressão da infeção para SIDA.

 


As Nações Unidas estabeleceram o fim da SIDA enquanto epidemia mundial como uma meta para atingir até 2030. Para isso, há que promover o conhecimento da doença e as campanhas que levam os tratamentos anti-retrovirais às pessoas infetadas.


O LAÇO VERMELHO

"O laço vermelho, que vemos sempre associado quando se fala de SIDA, representa o sangue e está também ligado à paixão. Foi criado em 1991, por um grupo de artistas norte-americanos que queriam homenagear os colegas que tinham morrido por causa da SIDA. Desde então o laço tornou-se no símbolo da luta contra a doença."

Fontes:

www.apf.pt

www.sermais.pt

www.juventude.gov.pt

www.insa.min-saude.pt

imagens: https://www.vihda.pt

Voltar